Jornalismo de Dados: Diferentes maneiras de ser usado na Internet

Aron Pilhofer, editor de notícias interativas do jornal The New York Times, ministra curso em Curitiba e fala sobre o uso de dados para construção de notícias.


O editor de notícias do jornal norte-americano The New York Times, Aron Pilhofer, está em Curitiba nesta sexta e sábado (22 e 23). Ele ministra um curso para os alunos da Especialização em Produção e Avaliação de Conteúdos para Mídias Digitais da Universidade Positivo (UP). O assunto é o uso de dados e tecnologia na produção de notícias.

Pilhofer afirmou que o uso de dados no jornalismo permite a produção de matérias com mais embasamento do que aquelas que não utilizam esse tipo de produção. Isso significa que as notícias tradicionais, sem novos formatos ou interação com os usuários não chamam tanto a atenção. “Os bons profissionais que perceberem isso serão os que terão os melhores empregos”, disse.

Ele citou exemplos utilizados no próprio jornal norte-americano e no The Guardian, de Londres. “Nas eleições por exemplo, usamos uma pesquisa com os eleitores e isso foi transformado em um gráfico detalhado”, conta.

Uma das ferramentas mais simples apresentadas pelo editor foi o Excel. “Inserção e cruzamento de dados nessa ferramenta também podem ajudar os jornalistas na produção de matérias mais aprofundadas”, disse.

Novas formas interativas com o público leitor também foram apresentadas por Pilhofer. Ele comentou exemplos como um aplicativo que permite que leitores selecionem, em uma matéria de moda por exemplo, cores de vestidos que querem ver e fizeram parte dos eventos do Oscar. É uma forma diferente de fazer notícia. Você deve se perguntar o que tem de informação e o que pode fazer com ela. Pensar novas formas de interação”.

“Para construção de notícias interativas, você precisa de dados, design e um código. O desafio é fundir a narrativa tradicional com a interativa”, afirmou.

Aron Pilhofer é especialista em data driven journalism, uma vertente do jornalismo voltada ao uso de programação para criação de notícias multimídia e interativas. Como parte da redação do New York Times desde 2005 ele trabalha para aprimorar a narrativa jornalística do veículo online. Ele é um dos fundadores do projeto DocumentCloud, uma poderosa ferramenta online que permite a análise de documentos. Também está entre os criadores do grupo Hacks and Hackers, que tenta aproximar jornalistas da tecnologia da informação.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s