6 ferramentas que facilitam a vida dos Jornalistas

A Jornalista Natalia Mazotte, do blog Jornalismo nas Américas, listou seis ferramentas que ajudam e muito no trabalho de jornalistas com bancos de dados extensos. Os recursos digitais facilitam nas etapas de limpar, analisar e visualizar as informações recolhidas. Veja as dicas abaixo.

Para Limpeza e análise de dados

1 – O aplicativo gratuito Data Wrangler, foi produzido pela Universidade de Stanford e permite organizar planilhas organizadas em um passe de mágica. Com apenas um click é possível dividir uma coluna com nomes e sobrenomes em duas. A interface é fácil de se usar até por usuários iniciantes.

2 – O Google Refine do mesmo modo que o Data Wrangler, facilita bastante a vida das pessoas quando o assunto é limpeza de tabelas. Só que diferente do Data Wrangler, o Google Refine necessita fazer o download primeiramente. Umas de suas muitas funções, o Refine busca familiaridade entre os dados e sugere agrupamentos, facilitando a padronização de datasets mal formatados.

Para Visualização de dados

3 – Datawrapper trata – se de um serviço em software livre para construção de gráficos criado por uma instituição alemã que promove treinamentos para jornalistas. Até o momento, existem quatro tipos de gráficos disponíveis e suas variáveis: linha, barra, pizza e tabela.

9320013429_724f126e0b_o

4- Statwing é um recurso cujo sua principal função é ajudar a análise estatística de dados. O demo do programa usa os dados doTitanic. Com eles, podemos cruzar informações para saber, por exemplo, se há relação estatisticamentesignificativa entre a idade dos passageiros e o índice de sobrevivência.

5 –Piktochart é um serviço que permite criar infográficos bem interessantes em pouco tempo. Sua versão gratuita oferece oito layouts personalizáveis e os usuários podem retirar e adicionar elementos “arrastando e soltando”. Terminado o trabalho de edição, é possível publicar o infográfico como HTML, compartilhá-lo em redes sociais ou incorporá-lo ao seu site. A versão Pro tem o custo de US$29 por mês e oferece mais de 100 modelos e outros recursos adicionais.

6 – Google Fusion Tables o programa que ainda está na versão beta, não é o dos mais recomendáveis, mas ainda serve de alguma ajuda. Com o Fusion Table, é possível transformar as informações em mapas (colunas com localizações são automaticamente interpretadas), cronologias ou rankings simples. Além disso, você pode geocodificar endereços sem muitos obstáculos e exportar os dados em no formato de arquivo usado para exibir dados geográficos (KML).

 

https://knightcenter.utexas.edu/pt-br/blog/00-14172-6-ferramentas-digitais-para-incluir-no-seu-kit-de-jornalismo-de-dados

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s