Jornalismo digital 2014, o que você verá de novo?

Com a propagação da internet nos quatro cantos do mundo, o público se tornou mais exigente e não se contenta com o básico, quer algo novo, surpreendente. Aquela imagem que vai lhe tirar o fôlego, que vai manter o telespectador sentado, ou deitado em um sofá, sem ao menos pensar em mudar de canal.

Pensando nisso, os principais veículos de comunicação estão realizando pesquisas, analisando dados, para que esse público se sinta satisfeito com aquilo que está sendo veiculado.

O site Journalism.co.uk falou com especialistas da BBC, CNN, ITV News, Trinity Mirror e The Washigton Post para descobrir quais seriam as principais tendências do jornalismo digital em 2014.  A lista completa você confere abaixo:

1. Mobile e design responsivo

responsive

Celulares e tablets são o hype do momento. Todos grandes veículos internacionais estão estudando como produzir bom conteúdo para dispositivos móveis. De um lado, alguns defendem o “design responsivo” onde um site se adapta a cada plataforma. De outro, estão os que defendem a produção de conteúdo exclusivo para cada modelo.

2. Conteúdo geolocalizado
Entregar conteúdo sobre o que está acontecendo “agora” não é mais suficiente. Os veículos de comunicação vão ter que investir no que está acontecendo “aqui e agora”, entregando notícias e informações que se relacionam com o lugar onde o leitor está.

3. Redes sociais privadas (uma espécie de Facebook corporativo/particular)
Em 2013 diversas pesquisas mostraram que os adolescentes estão saindo do Facebook porque seus pais entraram na rede social. O Instagram criou a possibilidade de você compartilhar conteúdo com apenas uma pessoa e diversas redes “privadas” como o  Snapchat apareceram. Será que depois de tanta exposição em 2013, voltaremos a buscar privacidade em 2014? E como os veículos de comunicação vão reagir a essa tendência?

4) Jornalismo feito por Drones

drone

Fotos tiradas por drones em locais de difícil acesso e em situações de conflito já foram usadas por jornalistas em 2013. E esses pequenos aviões robôs devem se tornar mais populares ainda no jornalismo de 2014.

5. Vídeos curtos
O acesso à internet por celulares tem crescido muito e esses aparelhos são desenhados pensando em vídeos curtos. O Instagram já introduziu a possibilidade de upload de vídeos de poucos segundos em 2013, e a BBC tem criado vídeos exclusivos, de 15 segundos, para veicular nessa rede social.

6. Análise de dados e audiência em tempo real
Reagir mais rápido ao comportamento do leitor. Usando ferramentas como Chartbeat ou o real time do Google Analytics as redações devem ficar atentas à sua audiência minuto a minuto.

7. Windows Phones
Os especialistas ouvidos pelo Journalism.co.uk apontam que as novas câmeras dos aparelhos com Windows Phone são muito melhores que a do iPhone 5S e poderiam causar um grande impacto para o jornalismo produzido com mobile. A dúvida é se os criadores de aplicativos vão adotar o Windows Phone.

8. Tecnologia “vestível”

Tudo indica que os óculos do Google (Google Glass) serão lançados no mercado em 2014. Com a possibilidade do relógio da Apple ser lançado no mesmo ano, teremos a chance de assistir uma revolução causada por esses gadgets “vestíveis”. Alguns especialistas acham que o impacto para a comunicação pode ser tão grande quanto o dos smartphones.

9) Notícias “antecipatórias”
No mundo das notícias baseadas em dado, vale ficar atento às informações que os leitores têm compartilhado sobre seus planos e futuros compromissos como calendários e localizações futuras. Analisando esses dados é possível saber onde os seus leitores estarão e o que estarão fazendo e oferecer-lhes conteúdo relacionado a essas atividades.

10) Publicidade nativa
Uma área que deve continuar se expandindo é a de conteúdo patrocinado e publicidade nativa que envolve um esforço conjunto entre os veículos de comunicação e os anunciantes. Uma vez que os velhos banners já não são mais atraentes para o público, a tendência de anúncios casados com conteúdos é grande.

Conheça todos os detalhes desse estudo no site  Jornalismo.co.uk.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s