Vale a pena conferir!

Não para de crescer a quantidade de dados disponíveis sobre governos e instituições apesar de que muitos deles ainda estão dispersos e/ou desorganizados. Essa grande quantidade de números e dados pode nos ajudar a compreender melhor a realidade, mas ai vem uma dúvida: como organizar esse emaranhado de informações confusas e obscuras? É ai que entra o jornalismo de dados, um ramo que vem se popularizando nas redações atualmente.

Muitos fatores explicam essa emergência do jornalismo guiado por dados. O principal é o fato de o jornalismo de dados ser capaz de criar novos caminhos para a narrativa noticiosa e ser um possível atrativo para uma audiência que é composta, cada vez mais, por leitores nascidos e criados na cibercultura. Mas trabalhar com jornalismo de dados não é uma tarefa fácil. É preciso alias o faro jornalístico a ferramentas tecnológicas que permitem encontrar histórias por trás dos números. Pode-se, por exemplo, utilizar programação para fazer com que o processo de coleta e combinação de informações de um governo ou instituição seja automatizado e disponibilize as informações na web.

Alguns projetos de jornalismo de dados interessantes e que valem a pena serem conferidos são os seguintes:

 

A fé dos Brasileiros

religiao

 

É um projeto do Estadão. A rede produziu uma série de infográficos que revelam o tamanho e a distribuição dos diferentes grupos religiosos no Brasil. O material foi construído a partir de dados do Censo, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e mostra as transformações desde 1940.

 

InfoAmazônia

infoamazonia

Agrega dados e notícias sobre a maior floresta tropical contínua do mundo e é mantido por uma rede de organizações e jornalistas que colaboram com atualizações sobre os nove países da região.

 

Gay Rights by State

gayrights

Muitas leis variam de um estado para outro nos Estados Unidos. No caso dos direitos dos homossexuais há muitas diferenças e estas foram ilustradas pelos jornalistas do The Guardian no infográfico interativo Gay Rights in the US, state by state.

 

The art market for dummies

leilao_arte

No site francês Quoi o mercado das artes plásticas é comparado a outros setores culturais como a música e o cinema e vários infográficos animados trazem dados interessantes sobre o ramo.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s